O peso da ausência.

Sempre que leio blogs vejo que o processo de imigração antes e depois de chegar sempre tem seus altos e baixos. As dificuldades existem e sempre se lê: “Realmente a imigração não é pra qualquer um.”

Além das dificuldades com a adaptação a uma nova cultura existe a necessidade de se esforçar até pra conversar, e quando o desânimo bate todos começam a lembrar de família e amigos de muito tempo que sempre davam força no Brasil.

Não estou escrevendo este post para desanimar ninguém. Simplesmente estou em uma fase baixa e já explico porque…

Fazem seis meses que o Dani começou a ter trabalhar em outra cidade. E fazem seis meses que eu me mudei para uma casa em um condomínio afastado do centro da cidade. Apesar do sofrimento com a distância do Dani, afinal estávamos morando juntos a mais de um ano, eu gostava do silêncio da minha casa.

Mas hoje eu vejo o quanto que a solidão pesa no coração e no psicológico. Amo a minha casa mas confesso que ainda não sei como viver bem um pouco isolada da forma que estou.  Sem ninguém pra conversar, assistir TV, tomar café da manhã… E juro que não sei o que seria de mim sem o meu york Tobias. 

Eu leio livros, arrumo a casa, vou a feira, vou a hípica, dou uma passadinha na casa da minha mãe,assisto filme mas sempre quando olho em volta ou chego em casa tem um silêncio para me receber e eu sei que apesar da agitação estou sozinha. É a falta do Dani mesmo. É chegar cansada no fim do dia e não ter ninguém pra fazer um chazinho pra sua dor de cabeça, é acordar e tomar café da manhã olhando pra um ponto fixo da parede enquanto sua cabeça fica longe.

Mas acho que da mesma forma que isso esta batendo com a ausência do Dani bate com a ausência da família.

O sonho existe, não estou disposta a desistir dele, só estou um pouco mais consciente da escolha que estou fazendo e do que terei de enfrentar mais adiante. Quem sabe Dani encontre uma forma de voltar pra casa no fim do dia. Ou pelo menos no fim de semana. A gente se ajeita, tenho certeza.

De qualquer forma. Estou escolhendo viver, ter filhos e trabalhar longe do apoio da minha mãe e irmãos. O peso de dar conta de tudo sozinha nunca bateu tão forte.

Quando se vai pra fora a sua família é o seu companheiro. Ele vai te entender, ele vai querer ouvir novidades e cada um vai se apoiar no outro.  Amigos existem mas quem conta mesmo é o marido ou a esposa. E na falta do companheiro, física ou não, a distância vai pesar.

Não sei como terminar este post. Não sei nem mesmo dizer se estou falando de imigração ou de casamento. Acho que na verdade estou falando de escolhas que mudam totalmente a vida de uma família que esta iniciando.

Assunto pesado né? O próximo post vai ser animado! Prometo! Vou pensar em algo legal!

Anúncios

Sobre frozenburguers

Estatística e Geólogo procurando seu cantinho em Quebec!
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

2 respostas a O peso da ausência.

  1. Olá, Viviane.
    Não achei a temática do seu post pesada, não. É uma reflexão muito válida. Claro que a gente lê por aí que “imigrar não é para qualquer pessoa”, mas é muito diferente quando sentimos a solidão na pele. Eu penso que quem quer ir para outro lugar reconstruir a vida deve ter em mente o que deseja e o que espera dessa nova vida, senão desmorona mesmo!
    E olha, blog serve pra isso mesmo: terapia! Hehehe… Já vi muita gente escrevendo desabafo e eu acho que ajuda.
    Abraços,
    Lídia.

  2. Oi Lídia!
    Obrigada mesmo por deixar seu comentário! Realmente este post foi um mega desabafo. Não só escrever o desabafo ajuda mas também pessoas simpáticas que deixam comentários!
    Um abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s