Votos pra 2011?

E aí? Ano novo vida nova?? Quem me dera, não é mesmo? Mas a verdade verdadeira (afff) é que eu não tenho a mínima idéia do que vai ser de mim ano que vem. E quando eu paro pra pensar nisso eu quase fico maluca. São tantas possibilidade e eu fico tão ansiosa… E nem é medo disso ou daquilo acontecer, é simplesmente vontade de saber o que diabos vai acontecer preu me organizar, só isso. Sinceramente, a passagem desse ano vai ser xoxa xoxa. Vamos lá, fatores que estão sendo considerados e que irão desenhar minha vida nos próximos 2 anos.

1 – Mestrado ou não mestrado, eis a questão.

É claro que se a oportunidade surgir não vamos desconsiderá-la. O Processo vai ser adiado e enquanto isso estaremos nos capacitando. Mas a existência ou não do mestrado influi na permanência ou não do Dani no trabalho, o que já acarreta uma série de coisas como: onde vamos morar? Como organizar a grana? Teremos condições de guardar dinheiro? Curso de inglês e francês pra dois?

2 – Vivi estará empregada ano que vem?

Bem, nessa mudança de governo o meu ministério vai ser passado para um outro partido. Então existe a possibilidade dos meus chefes ficarem, existe a possibilidade de outros chefes chegarem. Meus chefes ficando também não é certo que eu agüento o tranco que tenho agüentado até hoje, os chefes mudando eu posso até ficar, mas será que eles vão me querer ou estão mais interessados em trazer fulano ou ciclano da política?

Supondo que eu continue empregada a perspectiva de mestrado do Dani pode ser considerada, ainda teremos um salário, mas se não o negócio começa a ficar mais complicado. Se eu tiver que procurar emprego as melhores oportunidades estão em São Paulo. O que nos leva a próxima questão;

3- Onde iremos morar no ano que vem?

A perspectiva de mudar de onde estamos já é certa por uma série de fatores. Mas pra onde meu Deus? A idéia é guardar dinheiro ou conseguir sobreviver com muito menos do que temos hoje (sabe, mestrado, Vivi com emprego ou não). Mas onde, né José? Casa da sogra é sempre muito barato, mas tem suas inconveniências. Kit em Brasília se resume a sala com banheiro. Será?? Bem, é possível, sabe-se la como irei morar no inicio no Canada, então ta na chuva é pra se molhar…, mas eu tenho muita coisa pra vender se for realmente isso…

Isso sem parar pra pensar na oportunidade de sair de Brasília nesses últimos anos, se o mestrado não rolar, e nem meu trampo, ou se minha chefe ficar, ou se surgir uma proposta melhor, antes deu fechar outro contrato de aluguel de um ano. Rs!

Pelo menos não tem muita gente me perguntando no elevador ou não sei onde: E aí? Ano que vem chega com tudo? E eu tendo que responder com um sorriso amarelo e um olhar fixo num ponto qualquer da parede: Com certeza!

Anúncios

Sobre frozenburguers

Estatística e Geólogo procurando seu cantinho em Quebec!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Votos pra 2011?

  1. Olá!

    Que tal fixar 1 possibilidade de cada vez? O mestrado pode garantir a qualificação, e também pode gerar renda a partir de bolsas pelo CNPQ, por exemplo. Que tal fazê-lo no Canadá, também com bolsa do governo?

    O que é foco agora, preparar pro processo de imigração e ida pro Canadá, ou Mestrado no Brasil? Assim que responder esta pergunta, você ainda terá algumas outras a serem respondidas, mas a chave do negócio é responder uma de cada vez.

    Se cada pergunta tiver “n” respostas, qual a mais conveniente e possível para o ponto foco decidido?

    Emprego é sempre algo realmente bem complicado de se determinar qualquer coisa certa por aqui, mas acho que você não fica desempregada por muito tempo, se for esse o caso, é claro. E isso independe se será em Brasília ou em São Paulo.

    Espero que te ajude a clarear as idéias, e que ano que vem venha com tudo, de fato!

    Abraços!

  2. Oi, Vivi!

    Concordo com o Felipe. Fixar 1 possibilidade de cada vez ajuda. Muitas opções de uma vez só confundem a cabeça da gente! Eu passei por isso há um tempo atrás quando não conseguíamos decidir quando daríamos entrada do processo. Mas focamos na imigração, eu resolvi fazer o meu mestrado só quando chegar lá e fizemos as contas. Agora é juntar dinheiro e esperar o tempo passar…

    Claro que é muito fácil falar quando se está de fora e não se tem uma visão global da situação, né? Rsrsrs… Mas espero ter ajudado um pouquinho!

    Beijos,
    Lídia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s