Combo!!! Troncho, mas combo!

Vamos seguindo com mais um capítulo da nossa novela com o processo de imigração. Bem, junto com o pedido de exames médicos veio duas etiquetas. Mas não veio nenhuma indicação do que se fazer com essas etiquetas. Só vieram as fichas de exames, uma carta informando sobre a necessidade de fazer os exames e com a lista de médicos credenciados, uma carta falando sobre aspectos gerais de visto e as duas etiquetas.

Depois que passamos pela consulta e tivemos a resposta do e-mail do consulado resolvi perguntar para que eram as etiquetas. Eu só havia ouvido falar de etiquetas para o pedido de envio dos passaportes, mas como eu não havia recebido nenhuma instrução ainda sobre pra onde enviar, o pagamento da última taxa e etc fiquei sem saber. Vai que era pra guardar para mais adiante.

Bem, aí começou a confusão. A resposta que me deram era a cópia de uma carta que eles disseram que eu havia recebido, contendo as informações que eu precisava para o envio dos passaportes. E que de acordo com essa carta eu tinha um prazo de 30 dias a partir da postagem da carta para pagar as taxas e enviar os passaportes e que este prazo não era flexível.

Nem preciso dizer que quase tive um troço, mas não de alegria. Pois ja tinha mais de 30 dias que a carta havia sido postada pelo consulado. “I must advise you that delay in the payment of the RPRF may result in the expiration of your security or medical results.”

Eu disse que infelizmente não havia recebido a carta mas que iria pagar “hoje mesmo” as taxas e enviar o mais rápido possível os passaportes. Também perguntei se poderia enviar o comprovante de depósito escaneado por e-mail, pois eu estava muito preocupada com o prazo de 30 dias.

A resposta que obtive é que eles não aceitam os comprovantes escaneados, mas que era pra enviar os passaportes e aguardar a análise dos exames médicos que pode demorar 6 semanas. Esta carta que eu deveria ter recebido deve ser enviada junto com os passaportes. Como eu não a tinha tive que enviar um carta redigida por mim mesma com o número do meu processo no consulado, e a confirmação de pra onde eu gostaria que os meus passaportes fossem enviados. Tem também a opção de ir buscar pessoalmente os passaportes, o que eu cheguei a considerar…

 Bem, os passaportes chegam hoje no consulado e espero que não tenha nenhum problema (Sedex 10, fui ontem a BH enviar pq em Itapipoca não tem Sedex). Os nossos exames médicos chegam na segunda-feira em Ottawa. O pensamento que esta me deixando mais tranquila é que provavelmente eles só vão mecher de novo no meu processo quando o pessoal de Ottawa der o “ok”. E quando isso acontecer o comprovante com as taxas e o passaportes já estarão no consulado de SP.

Eu devia ter perguntado antes pro consulado o que fazer com as etiquetas. Não devia ter ficado tanto tempo na dúvida. Mesmo no consultório quando eu mostrei pro médico ele disse que ele não sabia o que eram e que ja teve outro casal que havia perguntado a ele o que fazer. Imagino que eles tb não receberam a correspondência completa. Eu demorei pq to com tanta coisa na cabeça, depois dos exames eu viajei de volta pra Brasília e fiz ensaio de fotos, contratei o carro da noiva e van pros familiares, mexi com lembrancinha de casamento, fiz 5 anos de relacionamento, resolvi papelada na igreja, peguei habilitação do casamento no cartório, ajustei convite de casamento e voltei pra Itabirito.

Enfim, o que importa é que vai dar certo. Certo?

Vivi

Anúncios
Publicado em Pedido de Passaportes | 1 Comentário

Consulta e Exames Médicos.

Gente, eu tenho tanta coisa pra falar… Vou separar os posts pra ficar organizadinho. Primeiro a consulta. O médico conveniado em BH é o Dr. João Mendes. Ele já é um senhor, e é bem receptivo. Ele atende apenas das 13h as 20h. A consulta ficou por 270 reais cada aplicante e o envio da documentação ficou 110 por DHL, então no total 650 reais.

Além da guia que recebemos no pedido são preenchidas várias outras e até por isso é necessário que se leve mais fotos 3,5X4,5. Essas novas fotos são utilizadas nesses formulários. O exame demorou cerca de 40 minutos com cada um. Além de responder todas as perguntas sobre o meu histórico médico o Dr. anotava nas fichas até o nome do meu anticoncepcional. E quanto ao exame clínico ele olhou até se eu tinha frieira entre os dedos do pé eheheheehhehehe. Sério, ele separou meus dedinhos um por um pra dar uma checada… De resto foi pesar, medir, pressão, perguntou sobre cicatrizes (sim, o exame é feito com aquelas camisolas de bunda de fora).

No dia seguinte fomos fazer os exames no laboratório e no raio-x. Eu achava que poderia fazer pelo menos o exame de sangue em Itabirito. Mas nada, tudo tem que ser em laboratório conveniado. Ou seja, o exame de sangue em jejum e o da primeira urina do dia deviam ser feitos num laboratório a uns 70 km da minha casa… Nem preciso dizer que não foi muito legal… Ainda tava chovendo e frio. E quando chegamos no laboratório crentes de que o alívio seria imediato a atendente disse que o Dani precisava pegar uma autorização da Unimed pra fazer os exames dele pois a clínica não era conveniada… Fala sério, pagamos nós mesmos os exames do Dani, 47 reais. Como meu plano é da Cassi eu não tive problemas.

Já para fazer o Raio-X do tórax fomos atras da autorização. (É tudo bem perto, fizemos tudo a pé). Vocês acreditam que a Unimed disse pro Dani que o raio-x seria autorizado dentro de 3 horas? E é claro que o pessoal do raio-x não ia fazer o exame sem a confirmação do plano de saúde.  Estavamos já preparados para o chá de cadeira quando depois de uns 40 minutos esperando a atendente disse que estava autorizado. E o povo da Unimed nem avisa que esta autorizado, simplesmente muda o status no sistema. Ainda bem que a atendente do raio-x ficou verificando a cada 20 minutos se ja estava autorizado. Fico imaginando as pessoas que acreditam no que a Unimed fala e fica esperando as 3 horas….

Bem, a clínica de raio-x mais parecia um museu… Sério, ela devia ser muito moderna nos anos 70.

A auxiliar do Dr. João passou no laboratório e pegou o resultado dos nossos exames e o raio-x foi enviado para o consultório, então não precisamos fazer o retorno. A única guia que fica conosco é a do exame de sangue e urina, mas nós a deixamos no escaninho do consultório. Teoricamente os exames serão enviados hoje e chegarão em Ottawa na segunda.

Quanto ao erro que encontramos na guia do Dani ainda não tínhamos a resposta do Consulado até a data da consulta. O próprio médico disse que não tinha problema. Mas o consulado não demorou muuuuuito para responder. Eu enviei a pergunta do que fazer no dia 1 de junho, e eles me responderam dia 6 dizendo que não havia problema, que antes da emissão do visto todos os dados eram checados novamente.

O seguimento dessa minha conversa com o consulado vai ser o assunto do próximo post.

Vivi

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

A Chegada do Pedido de Exames Médicos

Oi gente! Desculpa o sumiço. É que desde que o pedido de exames médicos chegou eu não tive muito tempo livre. Vou contar, agora com calma, como tudo aconteceu e em que pé estamos agora.

Primeiro a Notícia da Chegada dos Exames – Como vcs sabem eu estava em Brasília arrumando os trens do casório, e o Dani estava em Itabirito trabalhando. Esta cidadezinha que moramos tem muitas qualidades, mas também muitos defeitos, entre eles o trabalho dos Correios. Eles simplesmente não entregam as cartas na residência, vc tem que ir buscar suas correspondências na agência central. Como eu estava viajando e o Dani trabalhando todos os dias em horário comercial nossas cartas estavam todas acumuladas na agência. Não estávamos preocupados com isso, pois só esperávamos a carta do consulado a partir de junho, na melhor das hipóteses. Bem, isso foi até um vizinho nosso ir ao correio e pegar não só as correspondências dele, mas também a nossa. Então na quarta passada o Dani estava saindo de casa as 6:20 da manhã pra ir pro trabalho e o vizinho entrega pra ele uma pilha de cartas (impressionante como todo mundo acorda cedo nessa cidade). E entre elas o envelope pardo do consulado. O Dani me ligou e teve que repetir algumas vezes que o pedido tinha chegado pq eu simplesmente não entendia o que ele dizia:

– Amor, vc não vai acreditar, chegaram os pedidos de exames!

– Que pedidos de exames? – perguntou Viviane recém-acordada com um celular tocando as 06:25 da manhã.

– Os pedidos de exames médicos!

– Que exames médicos???

– Os pedidos de exames médicos do Canadá!

– …   … Vc ta de sacanagem…

– To não, chegaram!

– Mas como assim chegaram, chegaram onde?

-Ah, o vizinho me entregou as correspondências agora e ta aqui o pedido. Ele já chegou a 15 dias!

– QUEEEE?????????

Enfim, eu com sono não pego nem no tranco, mas depois dessa eu perdi o sono. O Dani teve que ir trabalhar senão perdia o transporte da empresa e eu fiquei andando de um lado pro outro em casa.

 Logo depois da notícia bombástica – Eu liguei pra marcar a consulta e descobri que só tinha vaga no dia 15 de junho, ou seja, um mês depois que o pedido chegou, eu consegui chorar com a atendente e ela me encaixou hoje, dia 5 de junho, as 19:30. Eu e o Dani. Na quinta passada eu cheguei em Itabirito a tarde.

Conversas e consequências – Bem, sabemos que agora não deve demorar muito pro nosso visto sair. Mesmo porque o visto tem validade de um ano de acordo com a data dos exames médicos. Não sei se é data do pedido de exames, ou de envio, mas sei que a data limite de entrada no Canadá está vinculada à validade dos exames médicos. Agora eu e o Dani estamos conversando sobre quando mudar pra Brasília, quando pedir demissão da empresa, quando pensar em comprar a passagem, como levar nosso dinheiro pro Canadá. Enfim, uma série de coisas que já temos alguma idéia formada, mas que agora é pra valer.

Timeline – Não sei se estou muito perdida mas acredito que a partir do envio dos exames médicos (que deve ser no máximo até o fim de junho) o pedido de passaporte deve vir em mais ou menos 3 meses.  Isso nos dá tempo de chegar em Montréal antes do inverno. Então se tudo der certo, como tenho certeza de que vai dar, iremos passar um natal congelado este ano. E se Deus quiser, comeremos frozen burguers.

Agradecimentos – Obrigada MEU DEUS!!! Primeiro por termos recebido tão rápido o pedido, temos muitos amigos que ainda esperam alguma luz do consulado, então sabemos o quanto a caminhada é longa e sofrida. Segundo por este vizinho abençoado ter pegado as nossas correspondências. Terceiro por ter sido um vizinho gente boa que pegou e não desapareceu com as nossas correspondências. E eu peço perdão pelas vezes que chinguei o esquema de segurança dos correios de Itabirito, eu sempre tive medo de que uma carta do consulado se extraviasse, mas esse sistema falho foi o que ajudou a gente receber a carta que ja estava empacada a 2 semanas.

Depois eu falo um pouco do conteúdo do pedido de exames. E conto a minha novela pra falar com o consulado, pois no formulário do Dani o sobrenome dele está errado. Todo mundo sabe a dificuldade de ligar e a demora na resposta dos e-mails enviados. Cenas do próximo capítulo.

Abraços!

Vivi

Publicado em Exames médicos | 1 Comentário

Pedidos de Exames Médicos – Chegaram!!!

Não vou conseguir escrever muito agora. To andando de um lado pro outro, so to esperando dar 08 horas preu começar a ligar pro médico pra marcar a consulta. So esperando marcar a consulta pra ir pegar o ônibus de volta pra casa (to em Brasilia arrumando um casamento, lembra?). Acho que vou arrumar minha mala pra acalmar.

Só tenho a dizer que Deus é muito bom. Ele esta sendo muito bom conosco. Bom demais! Vou realizar meu sonho de casar e… MUDAR! E meu estômago que pare de sair do lugar, sinto muito, não adianta me fazer passar a manhã inteira no banheiro. Eu to indo pra casa porque mais uma vez tudo mudou. Só que agora pra melhor!

Publicado em Exames médicos | 4 Comentários

Mudança de Modulo de Formação – FEL

Depois que eu escrevi o post ontem decidi mudar o modulo de formação que estou fazendo. Eu estava inscrita do modulo standard, que além das atividades possui classes virtuais, envio de trabalhos e participação em foruns. Como meu ritmo não anda muito bom achei mais sensato diminuir a carga de trabalhos a serem feitos e focar pra finalizar bem pelo menos as atividades básicas no tempo que ainda falta.

Ainda vou ter os quadros de avaliação e sei que tenho que me esforçar. Mas isso faz parte da escolha que eu fiz. Desde que decidi ir pra Québec o estudo de francês é um desafio diário. Sempre tem um livro na cabeceira da cama, (atualmente estou lendo Harry Potter Et Les Reliques De La Mort) todo dia leio jornal, toda semana faço exercícios da gramática. Atualmente que esta faltando é encontrar um professor pra treinar melhor minha conversação.  

Mas vamos lá, como foi mudar o modulo de formação. Primeiro eu fui na área de perguntas frequentes e estava lá em dois tópicos diferentes dizendo que a mudança era possível, bastava enviar um e-mail para a àrea de registro. Mandei o e-mail ontem, simplesmente pedindo a mudança, sem especificar o porque. Hoje de manhã recebi dois e-mails.

O primeiro era equivalente ao e-mail que recebi quando me inscrevi no modulo standard. Confirmou a minha inscrição no bloco 3, disse como se fazia para logar e deu o nome de uma tutora diferente. Em lugar algum estava dizendo qual era o modulo de formação. Bem estranho…

O segundo e-mail foi o que esclareceu tudo, o assunto era Transfert en Autoformation.  Vou copiar ele aqui:

“Bonjour Viviane Lima ,
Tel que demandé, votre inscription est transférée dans une session de la formule d’autoformation.Vous pouvez poursuivre les activités à partir de l’endroit où vous étiez rendu(e) lorsque vous étiez dans la formule standard.  Vous n’avez qu’à cocher les cases des activités déjà effectuées.Voici un rappel des règles de la formule autoformation:

* Vous devez travailler dans le cours environ 6 heures par semaine.

* Vous devez aviser votre tuteur pour une absence du cours de plus de 10 jours. Sinon, votre dossier sera fermé.

Salutations,”

E vamos que vamos, não é mesmo….

Publicado em Francês | 3 Comentários

Mais um sobre a FEL

Gente, só um conselho. Se organizem e pensem bem antes de começar a francisação on line. Como eu disse antes é uma ótima ferramenta. Mas se você é uma pessoa parecida comigo talvez você passe alguns momentos pensando: “Putz, se arrependimento matasse…”

O que tem acontecido é que eles anotam tudo, quanto tempo vc demorou pra fazer a atividade, quantas vezes teve que refazer para acertar 100%, quantas vezes você saiu da atividade sem termina-la. E nem todos os exercícios tem uma solução para você checar onde esta errando. Confesso que tenho achado isso muito tenso.

Não gosto quando o olho o quadrinho e vejo que tive que fazer 7 vezes o mesmo exercício até descobrir onde estava o erro. Ou quando meu aproveitamento fica em 30% do exercício porque eu não sei mesmo o que eu to errando….

A verdade é que esses cursos on-line são bem aproveitados por pessoas que tem costume de aprender bem sozinhas e são bem disciplinadas, o que não é o meu caso.

E agora que eu entrei eu não tenho coragem de falar pra professora que eu não quero mais fazer o curso, que não me adaptei bem. E ao mesmo tempo to vendo que esta bem claro nos meus índices de avaliação que eu não to indo muito bem. Isso tem me deixado bem desconfortável.

Talvez eles entendam que existem dificuldades, que eu estou aprendendo. Mas existe também uma certa pressão deles. Não se pode ficar indefinidamente no curso. Eu tenho mais 12 semanas pela frente e mais 37 atividades para terminar. Eles estimam que cada atividade demore cerca de 2h30 para serem finalizadas. As vezes eu demoro mais outras menos. Nos meus cálculos eu tenho que fazer três atividades por semana, mais os encontros virtuais, envio de audios, envio de documentos em word, participação em foruns.

Esse ritmo lento que eu to não pode mais continuar. Não da pra ficar fazendo muitos exercicios complementares preu entender melhor. Ou ficar sem ânimo de entrar de novo so pra errar mais uma vez, empacada numa atividade. Eu vou ter que me dedicar mais mesmo que eu esteja desmotivada pelo baixo rendimento.

E eu sou meio neurótica. To achando péssimo o ministério ter um registro meu apontando um baixo rendimento no estudo de francês antes mesmo deu conseguir meu visto. E antes eu tava me sentindo mal pq eles mandaram mais de três vezes o e-mail pedindo preu me inscrever. Ai ai…., o que a gente não faz pra conseguir esse visto? 

 

Publicado em Francês | 2 Comentários

Católico Apostólico Romano

Pois é gente! O casamento vai sair. Mas não do jeito que eu imaginava. Vai sair bem maior, bem mais bonito e por consequencia bem mais caro e trabalhoso. Eu tinha imaginado que ia fazer um churrasco na casa de uma amiga minha, com uma cerimônia religiosa feita pela mãe dela. Enfim, não vai rolar e ja digo o porque:

Sou filha única! É mole?

Minha mamãe querida resolveu me convencer a fazer algo maior pois é a única chance que ela tem não só de me casar na igreja, mas também de convidar amigos e parentes pra uma festa pelo menos uma vez na vida. Eu cheguei a sugerir um bolinho com champagne depois da cerimônia religiosa, mas ela nem ouviu. E de uma certa forma eu entendo, po, vai fazer o povo pagar passagem, hotel, roupa, cabelo e não vai oferecer nem um fricassê de frango?

Então a razão do sumiço se resume em: burocracia da igreja católica, curso de noivos, burocracia do cartório, salão de festa, lista de convidados, convites, decoração da recepção e da igreja, buffet, garçons e equipe de estacionamento, bolo, doces, bebidas, buquet, vestido da noiva e da mãe, cabelo da noiva e da mãe, maquiagem da noiva e da mãe,  musicos pra igreja e dj pra recepção, bem casados, lembrancinhas?, foto, filmagem?, roupa do noivo, roupa da daminha, cerimonial, mil contratos e orçamentos.

Resumo da ópera: Comprei passagem pra Brasília só de ida, estou aqui desde abril e planejo voltar pra Minas só em junho. Tadinho do Dani e dos dogs.

Tem hora que eu penso que se eu tivesse que passar um ano inteiro planejando e resolvendo um dia eu ficaria louca, mas ao mesmo tempo tem hora que penso que se eu tivesse planejando isso a um ano eu teria tempo pra continuar vivendo a minha vida corriqueira. Sério, nao to achando tempo nem pra francisação. E olha que eu sou bem decidida.

Tem duzentas coisas passando na minha cabeça:

 “Estou gorda, vou parecer um cupcake branco”…”Quem vai entrar com quem na igreja? Vou marcar assento nas mesas da festa? Eu tenho padrasto, madrasta, tio que não fala com tia a mais de 10 anos, e adivinha: vem todo mundo!”…”Eu tenho que dançar a dança dos casados? Jogar buquet? Breeeeeega……”

Enfim, tem dia que eu to com o Dani no skype e me aperta o coração, eu só digo: queria tanto estar organizando também a nossa ida pro Canadá. Eu sei que o dia do casamento vai ser mais do que especial, mas o sonho de ja ter as passagens compradas não sai da minha cabeça.

E toda noite o que eu escuto é a minha mãe ligando pra mais um parente e dizendo: “Vem me ajudar a empurrar essa menina igreja a dentro…”

Publicado em Família | 2 Comentários